Trabalhar em casa é o sonho de milhões de brasileiras e brasileiros.

Ter uma atividade onde não precise enfrentar o trânsito de ida e vinda todos os dias, o estresse das ruas, viver em alguns ambientes de trabalho que são nada saudáveis e perder muita qualidade de vida com a família e os amigos.

E com o desemprego em altas taxas, pouco emprego no mercado e as contas chegando com mais certeza que o especial do Roberto Carlos em dezembro, precisamos criar alternativas para gerar renda, ter sucesso.

Empreender em casa é uma excelente forma de conciliar a necessidade financeira – de ter ou de complementar a renda – com as possibilidades de viver melhor. E o que mais cresce hoje em dia são as opções para isso.

Como você pode trabalhar sem sair de casa? Vamos falar de algumas atividades que podem dar prazer profissional, dinheiro no bolso e saúde pra dar e vender!

Trabalhar em casa: economia, produtividade e satisfação!

São muitas as vantagens de trabalhar em casa.

Menor Custo

Se você pretende abrir uma loja, saiba que, dependendo do seu negócio, ele pode ser conduzido em casa e gerar uma grande economia de aluguel de ponto, segurança, taxas e impostos, locomoção ou combustível, além de preservar o veículo, se for o caso. As despesas de luz, internet e telefone fixo podem ser compartilhadas na residência.

Maior Satisfação

Poder acordar 1 hora mais tarde porque em 15 minutos você estará sentada na sua mesa produzindo. Terminar o expediente e em 5 minutos estar no banho e dar atenção à família. É de dar satisfação, não é?

Flexibilidade de Horário

Um dos maiores ganhos de trabalhar em casa. Muitos negócios podem ser geridos no melhor horário para a sua performance, como uma consultoria ou uma contabilidade online por exemplo.

Algumas dicas de como ser produtivo trabalhando em casa!

Trabalhar em casa tem várias motivações, gerais e pessoais, mas também reserva um grande desafio: como ser um profissional no ambiente onde você fazia tudo menos trabalhar?

  • Reserve um espaço exclusivo para o seu trabalho e que não seja usado por outras pessoas.
  • Não esqueça de mobiliar adequadamente o seu espaço, com tudo que ele precisar e sem recorrer a empréstimos caseiros. Seu negócio é independente!
  • Esteja sempre disponível no horário de expediente escolhido – em caso de ausência, crie mensagens no celular ou e-mail avisando.
  • Tenha uma rotina de expediente – hora de começar e terminar, use uma roupa confortável (nada de pijama) e um horário para almoçar ou jantar.

01 – Trabalhe em casa como Freelancer

Professora, redatora, editora de vídeo, desenvolvedora de sites e aplicativos, gestora de mídias sociais. Todos os dias, milhares de empresa procuram pessoas com essas e muitas outras habilidades.

Você pode oferecer seus serviços através das suas redes sociais e um blog onde pode compartilhar conhecimento e assim chamar a atenção para a sua experiência. Existem também plataformas (web e aplicativos) que divulgam vagas, basta se cadastrar.

02 – Trabalhe em casa com Serviços de Manutenção

Três conceitos está crescendo muito no mundo: compartilhar, consertar e reutilizar. E você pode ganhar muito dinheiro com consertos e reutilização – que aqui podemos chamar de customização.

Você pode montar um serviço de manutenção de celulares e smartphones – as pessoas vem preferindo alongar o uso invés de trocar quase anualmente.

Ou se reparos e customizações de roupas. Afinal, a moda anda bastante democrática, aceita usar peças mais antigas – que podem precisar de ajustes e melhorias. E também aliar um brechó online.

03 – Trabalhe em casa com Consultorias e Serviços Empresariais

Este é um setor que vem crescendo bastante e tem muito terreno para conquistar, principalmente com a terceirização, onde muitos profissionais são dispensados e podem prestar serviços, conforme a sua experiência, para outras empresas.

Se você tem experiência com rotinas de financeiro ou marketing, por exemplo. Ou pode criar uma contabilidade online e atender diversas empresas, principalmente as pequenas e médias que não tem condições – e nem precisam – de criar setores para cuidar destes assuntos.

Sou Ana Marcela, e criei o blog em março de 2018, numa época onde ele era apenas um hobby aleatório e eu trabalhava em uma operadora de telemarketing. Ele surgiu com o intuito de suprir minha carência de falar de assuntos femininos em meio a um trabalho nada glamouroso, onde se falava de tudo, menos do que eu mais queria.

Todos os direitos reservados – Baaphonico 2019

meus e-books