A cada dia que passa aumenta ainda mais o número de pessoas que ficam dependentes de alguma droga, seja ela lícita ou ilícita. Devido á isso, muitas famílias e amizades têm sido desfeitas e para o dependente a situação fica ainda mais difícil.

Mas tanto os familiares como os amigos podem fazer alguma coisa para ajudar o dependente químico a sair da situação que se encontra. No entanto, é preciso tomar as decisões acertadas para não piorar ainda mais o problema.

Pensando nisso, preparamos algumas dicas de como você pode ajudar alguém com dependência química.

Escute o dependente

É muito importante escutar o dependente sempre que for possível. Há motivos pelos quais aquela pessoa terminou se envolvendo com drogas. Dar ouvidos a essa pessoa pode ajudar você a conhecer a razão do vício e ainda pode fazer você enxergar a melhor maneira de ajudá-lo contra a drogas sintomas e tratamentos.

Haja com empatia

Outra coisa que pode ajudar alguém com vícios é quando você age com empatia, se colocando no lugar do dependente. Evita fazer julgamentos e procure escutá-lo com atenção, assim você pode ajudar a diminuir o seu sofrimento por demonstrar compaixão.

Estabeleça o grau de dependência da pessoa

O melhor a fazer é ajudar a pessoa que estar dependente de alguma droga, antes que alguns problemas sérios apareçam como, por exemplo, perder o emprego. É fundamental que os amigos e familiares estejam atentos caso essa dependência comece a impedir a pessoa de levar uma vida normal ou de crescer na vida.

Preste atenção nas recaídas

Ter recaídas fazem parte do processo de todo dependente químico que estar procurando largar as drogas. Além disso, é importante deixar claro que para a dependência química não existe cura, a pessoa fica em constante tratamento.

E o apoio de pessoas próximas é muito importante nesse processo, para evitar uma recaída ou que essa recaída seja trágica. Caso isso aconteça, é importante dar uma palavra de apoio, mostrando que tal situação não é o fim e que ele pode superar isso.

Evite confrontá-lo

Confrontar o dependente é sempre um caminho difícil e perigoso, que muito raramente dá algum resultado. O ideal em uma situação como essa é sempre convidar o dependente a refletir sobre a questão.

Para ajudá-lo a refletir, utilize o método de perguntas como, por exemplo, ‘o que você acha sobre isso?’, ‘Vamos pensar juntos em algo para mudar alguns hábitos?’.

Elogie cada passo positivo

Algo que dá muito certo nesse processo é fazer elogios. Todo mundo gosta de ser elogiado pelo menor motivo que seja e com os dependentes químicos não é diferente.

Procure sempre oportunidades para fazer um elogio, mesmo que seja uma tarefa difícil diante de alguns desapontamentos. Escolha sempre palavras que incentivem a recuperação, ao invés de ressaltar os fracassos.

Mostre confiança

Todo dependente químico precisa sentir confiança em alguém para lutar contra os seus vícios. Por isso, mostre que você é uma pessoa em que o dependente pode confiar. Evite julgar suas atitudes, de atenção, mostre apoio. Assim, você vai motivar o dependente químico a enfrentar o seu problema.

Busque ajuda profissional

Um dos caminhos principais que você deve seguir para ajudar um dependente químico é procurar ajuda de profissionais nessa área. Dessa forma, você vai ser orinetado como agir em cada situação desse processo.

 

Sou Ana Marcela, e criei o blog em março de 2018, numa época onde ele era apenas um hobby aleatório e eu trabalhava em uma operadora de telemarketing. Ele surgiu com o intuito de suprir minha carência de falar de assuntos femininos em meio a um trabalho nada glamouroso, onde se falava de tudo, menos do que eu mais queria.

Todos os direitos reservados – Baaphonico 2019

meus e-books